segunda-feira, 19 de junho de 2017

CAPÍTULO LXVI - INTIMIDADE

       



Capitu ia agora entrando na alma de minha mãe. Viviam o mais do tempo juntas, falando de mim, a propósito do sol e da chuva, ou de nada; Capitu ia lá coser, às manhãs; alguma vez ficava para jantar.
Prima Justina não acompanhava a parenta naquelas finezas, mas não tratava de todo mal a minha amiga. Era assaz sincera para dizer o mal que sentia de alguém, e não sentia bem de pessoa alguma. Talvez do marido, mas o marido era morto; em todo caso, não existira homem capaz de competir com ele na afeição, no trabalho e na honestidade, nas maneiras e na agudeza de espírito. Esta opinião, segundo tio Cosme, era póstuma, pois em vida andavam às brigas, e os últimos seis meses acabaram separados. Tanto melhor para a justiça dela; o louvor dos mortos é um modo de orar por eles. Também gostaria de minha mãe, ou se algum mal pensou dela foi entre si e o travesseiro. Compreende-se que, de aparência, lhe desse a estima devida. Não penso que ela aspirasse a algum legado; as pessoas assim dispostas excedem os serviços naturais, fazem-se mais risonhas, mais assíduas, multiplicam os cuidados, precedem os fâmulos. Tudo isso era contrário à natureza de prima Justina, feita de azedume e de implicância. Como vivesse de favor na casa, explica-se que não desestimasse a dona e calasse os seus ressentimentos, ou só dissesse mal dela a Deus e ao Diabo.
Caso tivesse ressentimentos de minha mãe, não era uma razão mais para detestar Capitu, nem ela precisava de razões suplementares. Contudo, a intimidade de Capitu fê-la mais aborrecível à minha parenta. Se a princípio não a tratava mal, com o tempo trocou de maneiras e acabou fugindo-lhe. Capitu, atenta, desde que a não via, indagava dela e ia procurá-la. Prima Justina tolerava esses cuidados. A vida é cheia de obrigações que a gente cumpre, por mais vontade que tenha de as infringir deslavadamente. Demais, Capitu usava certa magia que cativa; prima Justina acabava sorrindo, ainda que azedo, mas a sós com minha mãe achava alguma palavra ruim que dizer da menina.
Como minha mãe adoecesse de uma febre, que a pôs às portas da morte, quis que Capitu lhe servisse de enfermeira. Prima Justina, posto que isto a aliviasse de cuidados penosos, não perdoou à minha amiga a intervenção. Um dia, perguntou-lhe se não tinha que fazer em casa; outro dia, rindo, soltou-lhe este epigrama: Não precisa correr tanto; o que tiver de ser seu às mãos lhe há de ir.


Machado de Assis 
Machado de Assis



Machado de Assis

Machado de Assis

Machado de Assis

Machado de Assis

Machado de Assis

Machado de Assis

Machado de Assis

Machado de Assis

Machado de Assis

Machado de Assis

Machado de Assis

Machado de Assis

Machado de Assis

Machado de Assis

Machado de Assis

Machado de Assis

Machado de Assis

Machado de Assis

Machado de Assis

Machado de Assis

Machado de Assis

Machado de Assis

Machado de Assis

Machado de Assis

Machado de Assis

Machado de Assis

Machado de Assis

Machado de Assis

Machado de Assis

Machado de Assis

       


Recomendamos para você:


Recognition - La traducción en español

Recognition - Tradução em Português

Recognition - Migos

What A Feeling - La traducción en español

What A Feeling - Tradução em Português

What A Feeling - Migos

Trap Funk - La traducción en español

Trap Funk - Tradução em Português

Trap Funk- Migos

Playa Playa - La traducción en español

Playa Playa - Tradução em Português

Playa Playa - Migos

Gangsta Rap - La traducción en español

Gangsta Rap - Tradução em Português

Gangsta Rap - Migos

Just for Tonight - La traducción en español

Just for Tonight - Tradução em Português

One Time - Migos

Highway 85 - Migos


Dom Casmurro - Machado de Assis

Machado de Assis - Crônica

Machado de Assis - A Mão e a Luva

Letras Música - Sanderlei Silveira

Migos - Song Lyrics

Letras Música - Tradução em Português


by Sanderlei Silveira -  http://sanderlei.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário